fechar× Entre em contato (71) 3015-2200 (71) 3037-8880 (71) 99154-3223 (whatsapp)

SEO: 5 dicas para aparecer na primeira página do Google

Dizem por aí que o melhor lugar para se esconder é na segunda página do Google. E isso faz sentido: com o excesso de informação e a escassez de tempo dos usuários atualmente, quase ninguém quer se aprofundar nas pesquisas.

O seu objetivo tem que ser aparecer na primeira página do Google. Mas como garantir a presença da sua marca em uma posição de destaque no maior buscador do mundo?

Só existe uma maneira de o seu blog ou site aparecer em primeiro lugar nas buscas orgânicas: investir em Search Engine Optimization, ou simplesmente SEO. Nos últimos anos, essa ferramenta se tornou muito popular entre os profissionais de marketing por conta do alto desempenho alcançado.

O Google atualiza frequentemente o seu algoritmo — que determina a posição de cada conteúdo no resultado das buscas. E somente as boas práticas de SEO garantem que o seu site permaneça por mais tempo no topo das pequisas.

Pensando nisso, preparamos este post especialmente para ensinar a você as melhores estratégias para aparecer (e permanecer) na primeira página do Google. Vamos lá?

1.  Escolha bem as suas palavras-chave

As palavras-chave são a base do trabalho em SEO, pois serão elas que os internautas irão utilizar na hora de uma pesquisa e também serão responsáveis por levar os usuários até o seu site. Por isso, é fundamental escolher os termos certos quando for produzir o seu conteúdo.

Antes mesmo de começar a criar suas postagens, escolha as palavras que melhor descrevem o seu negócio. Nessa etapa inicial, uma boa ferramenta é o Google Keyword Planner, que mostra quais são os termos mais buscados e qual a concorrência por cada um deles.

Para que você obtenha resultados mais rápidos e eficazes para aparecer na primeira página do Google, o ideal é encontrar palavras-chave que possuem alta demanda e pouca concorrência.

O próximo passo será inserir os termos que você definiu ao longo do conteúdo: no texto, na descrição do artigo, nas fotos, nos títulos e também na URL. Dessa maneira, o buscador entenderá qual é o assunto abordado na página e dará mais destaque ao seu conteúdo.

2. Produza conteúdo de qualidade

Pode ser uma constatação óbvia, mas é sempre bom reforçar: seu conteúdo deve ser melhor que o do concorrente para que você apareça em posição de destaque na busca.

Mas o que o Google considera conteúdo de qualidade? A resposta é relativamente simples: textos extensos, completos, organizados com subtítulos, e que respondam a todas as questões dos usuários.

Além disso, complementar as informações com vídeos, fotos e infográficos, entre outros recursos, torna o seu conteúdo mais rico e atraente aos olhos do buscador.

Saiba também que o Google costuma punir textos duplicados, então é importante que o seu conteúdo seja original. Assim, você não se sairá prejudicado e ficará à frente da concorrência.

Faça o seguinte exercício: realize uma busca pela palavra-chave que você deseja explorar e observe os conteúdos que aparecem na primeira página. Analise bem a estrutura dos textos e, quando for produzir os seus artigos, procure fazer sempre melhor do que aqueles que você encontrou.

3. Certifique-se de que seu site é responsivo

Foi-se o tempo em que os usuários usavam apenas notebooks e computadores de mesa para acessar a internet. Os dispositivos móveis (smartphones e tablets, por exemplo) estão cada vez mais populares, portanto, pense nisso na hora de desenvolver o seu site.

Ter uma versão mobile da página é fundamental para alcançar as primeiras posições do Google, que preza muito pela eficácia das suas buscas. Por esse motivo, os sites que não se adaptam bem a todos os tamanhos de telas acabam não recebendo destaque nos resultados de pesquisa.

Recentemente, o buscador adotou a política de mobile first indexing. Isso significa que o seu algoritmo leva em consideração a experiência em dispositivos móveis para determinar a relevância do conteúdo. Confira o comunicado oficial do Google aqui.

Outros fatores que influenciam o posicionamento do seu site são a velocidade de carregamento e a usabilidade em dispositivos móveis. Portanto, trabalhe junto com o seu time de desenvolvimento para garantir que sua página seja responsiva e apresente o conteúdo de maneira rápida e agradável aos usuários.

4. Aposte no link building

Na hora de determinar quais são os conteúdos mais relevantes para aparecer na primeira página, o Google também leva em consideração a autoridade dos sites, que é atestada pelo número de links que apontam para a sua página. Quanto mais links comprovando a qualidade dos seus textos, maiores as chances de ficar bem posicionado no ranking do buscador.

Porém, conseguir links orgânicos apontando para o seu site não é tão simples quanto parece. Além do mais, nem todos os links possuem o mesmo peso na indexação dos buscadores — referências vindas de autoridades são muito mais relevantes do que aquelas encontradas em um fórum, por exemplo. 

Imagine a seguinte situação: na busca por uma referência em gastronomia, você vai levar mais em conta a opinião de um chef conceituado ou de um estranho na rua? Óbvio que é a do primeiro, certo? Pois saiba que a ideia é a mesma quando se trata de mecanismos de buscas.

Por isso, é fundamental estar sempre atento às oportunidades de conseguir bons links apontando para o seu site: guest posts, entrevistas ou divulgação de infográficos, entre outras.

5. Gere tráfego para o seu site

O tráfego do seu site também mostra para o Google que você é uma autoridade no assunto que aborda. Dessa forma, trabalhe incansavelmente para popularizar o seu conteúdo.

Uma boa dica é usar as redes sociais para gerar tráfego para a sua página. Divulgue seu conteúdo no Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest, fóruns e outros. Além disso, crie artigos interessantes e com alta possibilidade de viralização na internet.

Com essas estratégias, haverá um aumento no número de visitas e os mecanismos de buscas entenderão que seu site é relevante para os usuários. Sua recompensa será ver o seu site aparecer na primeira página do Google.

Gostou das dicas? Então confira também o nosso e-book gratuito: “5 dicas de SEO para melhorar o posicionamento do seu site nas buscas”.


Confira também:
E-book 7 Principais Erros
Artigos, 04.DEZEMBRO.2017 | Postado em Site


  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...