fechar× Entre em contato Comercial: (71) 4042-9112
Whatsapp Comercial: (71) 99154-3223
Suporte Técnico: (71) 4042-9191

Google Analytics: você sabe por que e como usar as principais métricas?

A escolha das ferramentas que você utiliza no dia a dia é o que determina o seu sucesso. E com a dependência da atuação das empresas na internet, é preciso recorrer a recursos capazes de medir a sua performance nesse ambiente, mas, para isso, deve-se saber como usar o Google Analytics. 

Trata-se de uma ferramenta bastante poderosa que consegue mensurar uma série de indicadores estratégicos para o seu negócio a partir do seu site. Você somente saberá se, de fato, está alcançando os seus objetivos ao acompanhar os números correspondentes.

Toda a variedade que o Google Analytics traz pode parecer intimidadora a princípio. Afinal, por qual caminho seguir e para quais indicadores olhar? Para ajudar você nesse processo, preparamos o artigo a seguir com todas as informações que você precisa para usar o Google Analytics. Confira!

O que é o Google Analytics?

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita do Google que serve para mensurar métricas do seu site. Por meio dele, é possível visualizar seu número de visitas, o perfil demográfico dos seus visitantes, os dispositivos mais usados pelo público, quais as seções foram mais acessadas e várias outras possibilidades.

O principal destaque do Google Analytics é a sua alta versatilidade para medir indicadores estratégicos. Ele consegue se adaptar a diversos tipos de estratégia devido a sua capacidade de mensurar números diferentes que atendam a objetivos distintos — por exemplo, tanto um blog quanto um e-commerce podem se beneficiar dele.

É impensável trabalhar com internet e não utilizar o Google Analytics no dia a dia. Ele é fundamental para compreender melhor de que formas os seus visitantes estão se comportando ao passar pelas suas páginas e traçar estratégias mais eficazes para melhorar os seus resultados.

Como usar o Google Analytics no site da empresa?

Para começar a usar o Google Analytics, você deve seguir até a página inicial e criar uma conta Google. Em seguida, insira as informações básicas sobre o seu site, como o nome, a URL de acesso, sua categoria e o fuso horário — que servirá para controlar a geração de relatórios. Ao final, você receberá uma ID de acompanhamento.

Depois disso, você deve copiar essa identificação e inseri-la nas páginas que você deseja monitorar. Trata-se de um script que precisa ser colocado no código-fonte do seu site, então, conte com a ajuda de um desenvolvedor se essa tarefa parecer difícil demais.

O Google Analytics tem plena integração com o Google Ads, a plataforma de anúncios do buscador. Esta é uma troca bastante produtiva, pois você pode usar o motor do Google Analytics para acompanhar com precisão os resultados da sua publicidade enquanto capta oportunidades valiosas no Google Analytics para os seus anúncios.

Quais métricas acompanhar no Google Analytics?

Antes de começar a usar o Google Analytics para monitorar suas métricas, é importante definir quais delas realmente representam o seu sucesso. É preciso levar em conta os objetivos estabelecidos para a sua empresa e as metas que foram definidas.

O Google Analytics é altamente versátil, uma vez que consegue concentrar dentro de si um grande volume de métricas estratégicas. Isso representa um desafio, já que é necessário saber o que está procurando para acertar ao usar a ferramenta.

É por isso que você deve ter em mente quais são as metas da sua empresa para aproveitar ao máximo o que o Google Analytics tem a oferecer. Veja a seguir as principais métricas que ele é capaz de mensurar e o que significam.

Proporção de visitantes novos e retornantes

O Google Analytics é capaz de mostrar uma série de dados referentes aos visitantes do seu site. Entre eles está qual o tipo de usuário que mais chega até você: se são pessoas que visitaram seu site pela primeira vez ou se já passaram por ele antes. O que determinará qual desses dois perfis é o ideal será a estratégia da sua empresa e os objetivos dela — seja como for, é uma métrica que não pode ser ignorada.

Taxa de rejeição

Quando alguém chega ao seu site e rapidamente o fecha, é contabilizado como uma rejeição. É um indicador que serve para entender se o seu conteúdo está agradando a quem chega até o seu site. Uma taxa de rejeição alta deve servir de alerta para repensar o quanto você sabe a respeito das intenções do seu público-alvo e fazer os ajustes necessários para melhor atendê-lo.

Tempo de permanência na página

Ao usar o Google Analytics, outro indicador estratégico que você pode acompanhar é o tempo de permanência na página. Um número maior significa que você está fazendo com que seus visitantes consumam seu conteúdo adequadamente, enquanto o contrário representa um problema de retenção. Ao ter um tempo de permanência maior, aumentam as suas chances de poder impactar seu público com suas ofertas.

Canais de aquisição de tráfego

Você precisa conhecer de onde está vindo o tráfego do seu site. Um dos pontos de saber usar o Google Analytics é apontar quais canais de aquisição mais trazem visitas a você. Entre as possibilidades estão o tráfego direto (ou seja, o visitante digitou o seu endereço no navegador), de referência (a partir de um link em outro site), social (pelas redes sociais), e-mail, entre outros. Acompanhar essa variável permite até conferir quais páginas fizeram links para você.

Receita gerada

O Google Analytics não se limita apenas a olhar acessos e visitantes. Com a devida configuração, ele também é capaz de servir como uma poderosa ferramenta de performance para e-commerces. Além de mensurar conversões, ele consegue contabilizar toda a receita gerada por vendas em lojas virtuais, e como a ferramenta é toda integrada, você pode até saber quais links geraram mais lucro para você.

Por que começar a usar o Google Analytics?

Agora que você já sabe o que é o Google Analytics e como usá-lo no seu dia a dia, está na hora de incluí-lo na sua rotina. Olhar para as métricas certas é essencial para o sucesso das suas estratégias, já que será possível ter certeza de que as suas iniciativas estão colocando a sua empresa no rumo certo.

Além disso, lembre-se de gerar relatórios periódicos usando o Google Analytics para que os demais setores do seu negócio possam consultar os indicadores do passado e compará-los. A documentação desses números é tão importante quanto acompanhá-los em tempo real, portanto, não abra mão disso.

Quer aprender mais sobre como usar o Google Analytics? Veja aqui no blog como mensurar os resultados do site da sua empresa.


Confira também:
E-book 7 Principais Erros
Artigos, 05.OUTUBRO.2018 | Postado em Site


  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...