fechar× Entre em contato (71) 3015-2200 (71) 3037-8880 (71) 99154-3223 (whatsapp)

Cuidado com o cara do site


Ter um site é um dos principais meios de divulgação de um negócio e o centro de todas as ações de marketing on-line.
 
Ele deve ser um canal de relacionamento 24 horas com os seus clientes. Por isso precisamos falar sobre a importância de você ter um bom site, feito com qualidade e profissionalismo, para você ter sucesso na rede.
 
Uma queixa comum dos nossos clientes que procuram um profissional para esta tarefa é que a pessoa inicia o projeto, mas depois é contratada por outra empresa e some. Ou passa o projeto para uma segunda pessoa, que não estava envolvida desde o início.
 
De nada adianta conseguir um desconto na produção desta tarefa com o “cara do site” se as consequências trarão dor de cabeça posteriormente.
 
 
“O barato sai caro”
 
Você precisa de um suporte após a criação do site, porque o ambiente on-line além de sempre trazer mudanças, precisa de manutenção constante.
 
Sabemos que nenhuma programação de site dura para sempre. Ao longo da existência dele acontecem bugs, incompatibilidades e erros. Certos bugs, por exemplo, só são perceptíveis após o lançamento do site. Testes precisam ser feitos constantemente para sanar tudo isso.
 
Muitas vezes, certas funcionalidades também entram em desuso. Por isso também é necessária a manutenção do código fonte para que esses erros sejam resolvidos e, o código, permaneça sempre atualizado.
 
Dispor de uma manutenção profissional também ajuda a melhorar o ranking do site nos mecanismos de busca, que levam em consideração a organização da página para classificar os resultados.
 
Através de uma agência especializada você encontra profissionais capacitados para dar conta desses e de outros problemas como: links quebrados, criação de novas páginas, administração de banco de dados, administração das contas de e-mail, atualização de plug-ins e backup da página. Esses dois últimos itens merecem atenção especial.
 
Na internet o seu site está sujeito a ataques, como por exemplo os ataques DDOS, que podem roubar informações e enviar spam. Eles acontecem ao mesmo tempo por várias máquinas de IP único, deixando o site indisponível por tempo indeterminado. Somente com os plug-ins atualizados você reduz as chances desses ataques e impede a entrada deles em seu site.
 
Já o backup diário cria uma cópia de segurança dos seus dados, deixando-os salvos caso ocorra alguma irregularidade.
 
Além de dispor de um canal de comunicação aberto com seus clientes, as agências trabalham com profissionais competentes, com experiência no mercado. Esse é um custo que certamente evitará o amargor de conhecer na prática o ditado que diz que “o barato sai caro”.
 
 
Pagar para criar um site?
 
Muitas pessoas acreditam que não deveriam pagar para criar um site e mantê-lo no ar, porque existem muitas possibilidades disponíveis utilizando plataformas gratuitas.
 
Há uma diferença entre “montar” um site e criar um site. Para montar, você escolhe um template dentre as opções que a empresa do site gratuito disponibiliza, decide as cores, insere alguns textos e imagens. Nessa hora muitas decisões são feitas na base do achismo e dos seus gostos pessoais. 

Criar um site é mais complexo, personalizado e desafiador.
 
Para que os usuários e os motores de busca levem a sério o site, é preciso ter o registro do próprio domínio, contratar uma boa hospedagem e desenvolver um site que represente sua empresa na internet.


  
Não ter um domínio próprio prejudica a memorização da empresa e transmite uma impressão de amadorismo do site e, consequentemente, do negócio.
 
Já pensou se o endereço do nosso site fosse “www.saiteria.wordpress.com.br”? Que imagem você teria? Certamente de uma empresa despreparada, para dizer o mínimo.

Essa regra é válida para endereços de e-mail também. O que você prefere: receber um e-mail de “con[email protected]” ou de “[email protected]”?
  
Saiba como criar um domínio.
 
Uma boa hospedagem mantém o seu site ininterruptamente, disponibiliza ferramentas de segurança digital e administração do seu nome de domínio, com um bom suporte técnico.
 
As empresas que oferecem esse serviço possuem dezenas de servidores ligados 24 horas, garantindo a entrada no site a qualquer momento. A rapidez no acesso e carregamento da página também tem a ver com a hospedagem.
 
Servidores fracos não suportam um alto índice de tráfego de informações. Quando o serviço de hospedagem é ruim, o seu site vive offline. O resultado, você já sabe: prejuízo e perda de clientes.
 
Sites gratuitos possuem desvantagens, como restrição de algumas funcionalidades e monetizações, ferramentas em inglês, além de o grande risco de você perdê-lo a qualquer momento.
 
Imagine se por causa de algum problema você precise migrar para uma estrutura paga. Você vai perder sua classificação nos motores de busca e o seu público conquistado até então! Conclusão: é melhor começar do lado certo da força.
 
 
Facebook da empresa
 
Devido à grande popularidade das redes sociais no Brasil e o alto índice de usuários ativos no Facebook, algumas empresas optam por não ter um site, e sim ter apenas um perfil nesta rede. É um pensamento comum, porque o tempo que o usuário gasta nas redes sociais ultrapassa o acesso a sites.
 
Porém no Facebook você não consegue ter uma “cara própria”, porque todas as páginas, inclusive as de seus concorrentes, se submetem ao layout da rede de Mark Zuckerberg, por mais que você ouse nas imagens de capa e de avatar.
 
Lá você também não tem acesso à lista de e-mails dos curtidores da página. Com um site próprio, algumas ações de call-to-action podem capturar os endereços dos clientes em potencial, criando uma base de dados importante para você.
 
Também devemos chamar a atenção para o fato de que, apesar da presença maciça de brasileiros, nem todo mundo tem uma conta no Facebook. Se o seu público-alvo for pessoas acima dos 60 anos, por exemplo, é bem possível que elas não estejam lá ou não sejam ativas na rede.
 
Com um site você garante acesso livre para todos, sem segmentar sua área de atuação. Você mantém sua empresa acessível 24 horas por dia, todos os dias da semana. Muitos usuários fazem buscas na internet fora do horário comercial, inclusive nos feriados e finais de semana.
 
Encare o site como o seu núcleo de ação e, as redes sociais, uma forma de posicionamento virtual da empresa; como mais uma estratégia de marketing.

Estar fora das redes sociais é impensável atualmente. Todo conteúdo que gera um efeito viral positivo é ótimo para a divulgação do seu negócio. Por isso você deve pensar nas funcionalidades de compartilhamento do site nas redes sociais. Assim seu site vai ganhar em tráfego, acessos e engajamento social.
 
Você também pode ter um blog vinculado ao site, com conteúdo de qualidade, para fortalecer sua imagem no mercado. 

Estar fora das redes sociais é impensável atualmente. Todo conteúdo que gera um efeito viral positivo é ótimo para a divulgação do seu negócio. Por isso você deve pensar nas funcionalidades de compartilhamento do site nas redes sociais. Assim seu site vai ganhar em tráfego, acessos e engajamento social.
 
Você também pode ter um blog vinculado ao site, com conteúdo de qualidade, para fortalecer sua imagem no mercado.
 
 
Vantagens de ter um site

 

Todas essas vantagens são fornecidas de forma segura por uma empresa prestadora desse serviço, com as ferramentas e instruções adequadas para gerar resultados, junto com estatísticas de desempenho.
 
 
 Usabilidade
 
Um site precisa proporcionar uma boa experiência de navegação, para que o usuário visitante encontre o que procura rapidamente e sem dificuldade. Isso é chamado de usabilidade.
 
Na hora de se planejar um site, pessoas despreparadas podem ignorar totalmente os pontos abaixo que podem impactar negativamente a página:
 
  • Tipografia (escolha de fontes ruins, de difícil compreensão);
  • Cores (cores fortes desarmônicas entre si que atrapalham a leitura);
  • Estrutura das páginas (não separar páginas específicas para assuntos específicos; links mal definidos e difícil memorização); 
  • Contato (dificuldade na identificação dos contatos da empresa);
  • Conteúdo (linguagem difícil de ser entendida, não é objetiva, simples e clara). 
  • Construir um site que atenda às demandas do seu público, com conteúdo de qualidade e design atraente ajudam a capturar o visitante, mas fatores como velocidade e estrutura de navegação contribuem para que ele continue navegando no site.
 
Um site mal feito gera dúvidas a respeito do trabalho oferecido pela sua empresa. Você deve conhecer as nuances e diretrizes do ambiente digital e investir na otimização da página, na produção de conteúdo e nas mídias sociais. Uma consultoria com profissionais especializados, portanto, faz toda a diferença.
 
Com um bom planejamento aliado aos mecanismos de busca da internet, feeds de notícias e o vínculo nas redes sociais, um site eficiente interfere nas vendas do seu negócio. Por isso, aproveite essa ferramenta para a prospecção de novos clientes e a elevação do número de conversões.
 
Caso precise de ajuda para o desenvolvimento do seu site, clique aqui.

Confira também:
E-book 7 Principais Erros
Artigos, 06.AGOSTO.2017 | Postado em Site


  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...