fechar× Entre em contato (71) 3015-2200 (71) 99154-3223 (whatsapp)

Criação de loja virtual: como lançar meu e-commerce no mercado?

Ter um negócio na internet é uma excelente opção para quem deseja alcançar novos públicos e ultrapassar fronteiras. Contudo, nem todo mundo que decide empreender online consegue se estabelecer. E, muitas vezes, o erro está no processo de criação de loja virtual, principalmente, devido à falta de planejamento.

Deixar o e-commerce pronto para o seu lançamento é dever obrigatório de todo empreendedor virtual. Somente com boas ações de lançamento, sua marca chega ao mercado disposta a despertar o interesse do consumidor e ganha fôlego para que sobreviva aos primeiros meses — justamente os mais difíceis.

Antes de lançar seu e-commerce no mercado, dá uma lida nas dicas abaixo para que tudo dê certo!

Faça a homologação do seu e-commerce

Homologação é uma palavra difícil, né? Mas não se preocupe, pois o significado dela é muito fácil. No contexto da internet, homologar um site significa fazer todos os testes necessários para saber se ele está funcionando da maneira que deveria. Essa ação é fundamental antes de lançar seu e-commerce no mercado.

Para colocar uma loja on-line no ar, você precisa ter a certeza de que ela está funcionando perfeitamente bem. Os links não podem estar quebrados, as imagens devem carregar e o fluxo de compra necessita ser contínuo — sem interrupções. Já imaginou se a tela não carrega no momento de preencher os dados de pagamento?

Quando o visitante está em um site, ele deseja acessar o conteúdo pelo qual foi atraído. Impedimentos nesse caminho são convidativos para que ele esqueça a aba desse site e vá se distrair em outro lugar. No e-commerce, isso significa perda nas vendas — algo que você realmente não deseja.

Confira a precificação dos produtos

O próximo passo da criação da loja virtual e lançamento dela no mercado é a precificação correta dos produtos. É comum que, nessa etapa, você considere somente o preço inicial do produto, a mão de obra envolvida na confecção dele e o lucro que sua loja precisa ter. Só que as coisas não funcionam assim, tá?

A precificação de produtos no e-commerce envolve outros custos, como o frete — afinal, eles precisam ser entregues ao consumidor. Em alguns casos, o valor pode ser repassado de maneira integral para o cliente, contudo, nem sempre ele contempla gastos com embalagens e o trabalho de quem faz a separação.

Outro ponto que é importante destacar se refere aos demais custos da sua loja on-line. Algum profissional precisou descrever as características do produto, outro fez e tratou as imagens e por aí vai. Até a energia elétrica precisa entrar na conta! Por isso, considere na precificação todos os custos relativos ao seu negócio.

Crie um plano de marketing digital

Com a casa em ordem, você pode direcionar seu foco para a divulgação em si. E para obter sucesso nesse processo, você precisa entender que o consumidor percorre um caminho chamado de jornada de compra. Ele não surge do dia para a noite e faz aquela compra de alto valor no seu site, ok?

Para atrair a atenção do consumidor, é preciso conhecer os diferenciais competitivos do seu negócio e usá-los em ações de conquista. É por meio delas que o interesse do consumidor é despertado. A partir disso, ele conhece suas soluções e passa a considerar a compra.

Existem, no marketing digital, muitas soluções que podem ser adotadas por seu e-commerce. Uma delas é o SEO, uma estratégia baseada no uso de palavras-chave relacionadas ao seu negócio. Quando os termos são bem usados, eles colocam sua loja em uma posição privilegiada nos buscadores, como o Google.

Outra opção é investir nos anúncios personalizados. Você define o público-alvo da sua loja, cria uma campanha e paga para que ferramentas, como o Facebook Ads, mostrem a loja para as pessoas que têm o perfil escolhido. Desse modo, você aumenta as chances de se tornar conhecido. Por isso, planeje-se!

Escolha os canais para divulgar sua loja virtual

É muito importante também que você saiba escolher os canais certos para divulgar a loja virtual que está sendo lançada. Por isso, o primeiro passo para escolhê-los é a busca pelas informações referentes aos usuários de cada um. Desse modo, você consegue investir naqueles que abrigam o seu público.

As redes sociais, por exemplo, não são genéricas. Cada uma tem um perfil diferente de público. Além disso, elas apresentam funcionalidades que podem ser muito benéficas para a estratégia do seu negócio. O Instagram, por exemplo, permite colocar uma tag com preço e link em cima de cada produto exibido em uma foto.

Você também pode adotar uma estratégia de e-mail marketing, fazer parceria com influenciadores digitais e até apostar na criação de um blog que apresente dicas e informações úteis sobre o uso dos seus produtos. O mais importante é que essas ações impactem as pessoas certas.

Determine um tempo para a divulgação

Em seu planejamento, estipule um tempo para que o processo de divulgação aconteça — evitando que a marca fique desgastada. O prazo também dá a sensação de exclusividade ao consumidor, enxergando suas ofertas como oportunidades únicas que, de alguma maneira, podem ser muito boas.

É dessa maneira que o senso de urgência é despertado. Sendo assim, assuma o prazo da divulgação e das ações promocionais para que o e-commerce comece com o pé direito — ganhando a simpatia e a confiança do público. E mesmo que as vendas explodam no início, respeite o prazo e, se for estendê-lo, deixe claro que a segunda chance será pelo tempo informado.

Estabeleça as ações para atrair os clientes

Os processos de criação de loja virtual e de seu lançamento precisam de ações convincentes para que o negócio se torne conhecido entre o público. Colocar o e-commerce no ar e não apostar em uma promoção pode significar baixas vendas — pois ele será visto apenas como mais um entre tantos.

Depois de fazer a precificação dos produtos, verifique a possibilidade de retirar parte de seu lucro para baixar os preços e oferecer bons descontos. Crie um clima festivo para o lançamento do e-commerce e mostre ao consumidor que seu negócio é bom de preço e chegou para cativar todo mundo.

Por meio de ações como essa, você conseguirá atrair e fidelizar clientes — algo extremamente importante para o futuro do negócio. Sua base passa a ser construída mais rapidamente e será possível pensar em outras ações mais precisas, como o e-mail marketing.

Antes de lançar seu e-commerce, ainda no processo de criação de loja virtual, aproveite para fazer todo o planejamento necessário. Considere os pontos abordados aqui e faça boas escolhas, maximizando as chances de que o negócio dê certo e chegue conquistando o máximo possível de consumidores nesse primeiro momento.

E se você deseja ajuda profissional para fazer esse planejamento, nós convidamos você a entrar em contato com a Saiteria, uma agência digital rápida que se preocupa com o desempenho da sua marca na internet. Fale com um especialista!


Confira também:
E-book Loja Virtual em Operação


  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...