fechar× Entre em contato Comercial: (71) 4042-9112
Whatsapp Comercial: (71) 99154-3223
Suporte Técnico: (71) 4042-9191

O que é Inteligência Artificial e Machine Learning?

Você já ouviu falar de inteligência artificial?


Se você ainda não ouviu falar de um desses dois termos, é só uma questão de tempo para isso. Principalmente, o termo “Inteligência Artificial” que tem aparecido, cada vez mais, na nossa vida (você deve ter ouvido ele, pelo menos, no título do filme do garotinho que fez a gente chorar. hehe).

Mas, por que é importante que eu saiba o que é isso? Primeiro, para poder participar das conversas sobre o tema sem ficar perdido e segundo, e mais importante, por que esse tema pode ter impactos diretos na sua vida. Você provavelmente já utiliza Inteligência Artificial  (IA) e Machine Learning sem nem saber. Vamos, então, entender um pouco mais? Prometo que não vai ser chato, ok? 
 

O que é Inteligência Artificial?


Inteligência Artificial são máquinas que aprendem e que conseguem tomar decisões como humanos. Isso não se refere, necessariamente, apenas a “robôs” com jeito e forma humana, mas sim, com a capacidade de processar informações de forma semelhante a inteligência humana. Não precisa ter cara de robô para ser uma Inteligência Artificial. Se você tinha essa ideia, esqueça, Mesmo sem ter visto um robô de perto você já deve ter tido contato com a Inteligência Artificial e vai perceber daqui a pouco isso.

No entanto, também não é qualquer algoritmo - conjunto de ações para executar uma tarefa em programação – que deve ser chamado de inteligência artificial. A definição pode ser um pouco complicada e ela acaba mudando e evoluindo com o tempo. Algumas coisas se tornarão tão banais que não serão mais consideradas inteligência artificial (eu disse que não seria chato, mas não disse que seria fácil... hehe). É um conceito que sempre está evoluindo e alguns exemplos que eram considerados IA no passado, já não são mais.

O importante é você compreender o conceito mais amplo: máquinas fazendo algo que apenas humanos faziam e que envolve inteligência. No geral, são algoritmos que lidam com uma grande quantidade de dados (palavras, imagens, números e tudo que puder ser digitalizado) e que vão aprendendo com esses dados e melhorando o desempenho ao longo do tempo. Quando falamos de grande volume de dados e aprendizagem, já podemos introduzir o conceito de Machine Learning.
 

O que é Machine Learning?


Quando você ouve falar de Inteligência Artificial, normalmente, está relacionada a Machine Learning de alguma forma. O termo Machine Learning é usado para caracterizar a utilização da estatística para encontrar padrões na análise de grandes quantidades de dados (big data). Nem toda Inteligência Artificial está procurando por padrões em uma grande base de dados, mas quando estiver, estará usando Machine Learning. Essa é a relação entre os dois termos. Podemos dizer que o Machine Learning está contido na Inteligência Artificial:

 ML ⊂ IA. (Matemática não era minha matéria preferida, mas acho que o símbolo é esse :)

E não para por aí, o Machine Learning pode ser de vários tipos:

1 - Supervisionado: quando é dado um comando (objetivo) a ser seguido. Por exemplo, quando utilizado por sistemas financeiros para tentar prever a possibilidade de fraudes no uso de cartão de crédito. O algoritmo deve encontrar as transações com maior probabilidade de serem fraudulentas.

2 - Não supervisionado: quando existe busca por padrões, mas sem um objetivo pré-estabelecido. Pode ser utilizado para encontrar dados discrepantes por exemplo.

3 - Por reforço: o aprendizado é feito por tentativa e erro. Um exemplo comum desse uso seria em jogos.  

Essa aprendizagem é tão surpreendente que um robô consegue reconhecer expressões humanas. No Web Summit desse ano, os participantes puderam ver isso ao vivo no palco, você pode conferir esse momento aqui.
 

Como a Inteligência Artificial e o Machine Learning estão presentes na sua vida?


Mas o objetivo aqui é fazer você entender como esses conceitos estão presentes no seu dia a dia, então, vamos citar aqui como a IA pode aparecer no seu cotidiando: 
 
  • Reconhecimento Facial: quando o Facebook sugere que você marque um amigo em uma foto não é bruxaria, é IA. 
  • Marketing: o produto que você viu uma vez na internet e te persegue através de anúncios pelo resto da sua existência também não é bruxaria, é IA.
  • E-mails: os provedores de e-mail conseguem saber o que é Spam utilizando IA. Eles fazem isso reconhecendo alguns termos e características comuns em spams. Por isso é importante fazer uma boa estratégia de e-mail marketing 
  • Recomendações do Netflix: aquelas recomendações de filmes são personalizadas para você e baseadas nos filmes, seriados e documentários que costuma ver.
  • Casas inteligentes: já existem vários dispositivos inteligentes para casa, onde você pode ligar a TV batendo palmas, ajustar a temperatuda através de comando de voz. É possível que, em breve, morar sozinho não seja tão solitário, você vai poder conversar com a sua casa o tempo todo. 
  • Prevenção de doenças: doenças como câncer de mama podem ser prevenidas utilizando IA para prever a probabilidade de desenvolvimento.
  • Diminuir risco de infecção hospitalar: através de alguns parâmetros que aumentam a chance de um paciente contrair uma infecção hospitalar, a AI consegue prever leitos com maior probabilidade e alertar a equipe médica para que atuem antes da infecção se instalar.
  • Assistente virtual do seu smartphone: quando você conversa com seu celular, a IA está atuando na sua vida. Ok, google?
  • Google: se você leu esse artigo até aqui não preciso explicar por que o buscador Google é um excelente exemplo do uso de IA 

O que esperar para o futuro?


Pelos exemplos acima, você deve estar pensando que a Inteligência Artifical e o Machine Learning trazem uma boa parcela de coisas boas para a nossa vida em várias áreas: saúde, lazer, profissional... No entanto, existem questões éticas sérias sendo levantadas com o crescente uso dessas tecnologias e seus limites. 

Além disso, existe um medo de que muitas profissões sejam substituídas por máquinas que utilizam a Inteligência Artificial. Não podemos dizer que esse receio seja infundado, pois isso já aconteceu com algumas profissões que não requeriam habilidades de raciocínio humana, como nas linhas de montagem em fábricas. E, agora, está acontecendo com profissões que exigem raciocínio humano. Um dos exemplos mais clássicos de profissão que estaria com os dias contados é a de motorista, com a chegada dos carros autônomos.  

Espero que esse artigo tenha ajudado a entender melhor esses conceitos. Se você pensava apenas em robôs e ficção científica, agora já sabe que a Inteligência Artificial é muito mais que isso e já faz parte da sua vida. 

Se tiver ficado com alguma dúvida ou quiser corrigir alguma informação, como a fórmula matemática, fala com a gente aqui ou nas nossas redes sociais.  
Confira também:
E-book 7 Principais Erros
Artigos, 22.NOVEMBRO.2018 | Postado em Outros


  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...