fechar× Entre em contato (71) 3015-2200 (71) 3037-8880 (71) 99154-3223 (whatsapp)

Construtores de sites: fáceis, mas não fazem mágica!

Há alguns poucos anos para construir um site, por mais básico que fosse, era necessário algum conhecimento técnico. Conforme as tecnologias avançaram, muitas empresas passaram a oferecer a possibilidade do usuário criar um site sozinho, em pouco tempo e a um custo acessível. A simplicidade do recurso de arrastar e soltar facilitou imensamente a construção de um site. A manutenção também foi facilitada já que o cliente pode fazer suas próprias alterações no site. Porém, mesmo com muita facilidade os construtores de site não fazem mágica. Eles são apenas a ferramenta, e como qualquer instrumento, precisam de um profissional para operar corretamente. Sem um planejamento adequado, o que parece ser uma maravilha pode virar uma confusão. 

Nos construtores de sites há a opção de escolher entre dezenas de temas pré-definidos. Contudo, não é possível fazer uma boa personalização neles, e o site fica com a mesma aparência de milhares de outros. Tudo é restrito as combinações oferecidas por cada empresa. Ao contrário de um site profissional, que pode ser criado com infinitas opções de design, de acordo com a identidade visual da empresa, tornando-se único! O cuidado com o senso estético da página, além de reforçar a boa imagem da empresa também facilita a localização das informações. Isso está relacionado com outro ponto: A arquitetura da informação, que é uma etapa do desenvolvimento do site que usa técnicas de organização de conteúdo, para que o usuário entenda e visualize as informações mais facilmente. Esse trabalho requer um profissional capaz de tornar a experiência de acessar o site a melhor possível. 

Por sua vez, existe também relação direta entre a arquitetura da informação e a usabilidade do site. Um bom website deve ser o mais óbvio possível. O usuário não pode se perguntar onde está o menu, sobre do que se trata a página ou onde clicar para conseguir o que quer. Caso contrário ele se cansa e sai do site. A usabilidade visa melhorar o design, a organização e a clareza do conteúdo para tornar o site mais “simples” de usar. Muitos construtores apesar de parecerem fáceis e descomplicados, podem apresentar alguns erros que prejudicam o uso do site. Uma página pode aparecer bem em um navegador, como Google Chrome, mas não em outros navegadores como o Internet Explorer ou o Firefox. A busca pode ter um mal funcionamento que, em sites de compra por exemplo, impede que o cliente encontre os produtos com facilidade. Alguns apresentam demora no carregamento da página, que pode fazer com que o cliente desista de acessar seu site. Também é comum que os clientes, ao criar o site sem a devida orientação, cometam alguns erros de usabilidade como: Inserir textos longos com fontes pequenas e/ou extravagantes, que dificultam a leitura. Ou o uso de vocabulário técnico que os usuários comuns não estão acostumados, o que dificulta o entendimento. A maioria dos construtores de site tem a usabilidade generalizada para milhares de negócios e não são feitas ações especificas para cada situação.

Parte da razão de ter uma fraca usabilidade, vem do número limitado de recursos oferecidos pelos construtores de site. Em alguns não há a opção de adicionar galerias de imagem personalizadas, enquetes ou banners giratórios. Muitos não permitem sequer o uso de algumas ferramentas básicas para um bom desempenho na internet, como monitorar as estatísticas do site pelo Google Analytics. Isso força o usuário a ter que usar o monitoramento da empresa, que certamente não coleta a mesma quantidade de dados que o Google é capaz. Quando um profissional preparado desenvolve um site, ele é livre para usar todos os mecanismos que a tecnologia dispõe para suprir as necessidades do seu negócio. Isso faz com que seu site tenha chances reais de competir no mercado, pois a falta de recursos certamente pode atrapalhar a divulgação adequada. 

Outro problema comum nos construtores de sites é não poder mudar para outro serviço de hospedagem. Quando o negócio cresce e as visitas ao site aumentam, será preciso transferir para outro servidor maior que dê conta da quantidade de acessos. E se seu site for bem sucedido a metade do que o planejado, a troca será necessária. O problema é que, como os sites são criados no sistema especifico do construtor, migrar para um servidor com melhor hospedagem é praticamente impossível. Em algumas empresas até é possível realizar essa transferência, mas todos os recursos originários do sistema deles não irão na mudança. Uma boa hospedagem precisa ser personalizada de acordo com o nível de trafego no site. 
Por isso a importância do serviço prestado por uma agência digital, pois há um gerenciamento constante da hospedagem e o cliente não precisa se preocupar em transferir seu site para outro servidor. Esse é um dos fatores que fazem a diferença.

Além disso, construtores de sites não possuem acompanhamento pessoal e muitas vezes o suporte oferecido por essas empresas não sabem resolver rapidamente algum problema. As empresas especializadas trabalham de modo a desenvolver o site com design adequado, planejamento de usabilidade e hospedagem confiável, além oferecer serviços integrados para maximizar a divulgação, como: otimização de SEO, anúncios com Google Adwords, mídias sociais, entre outros que podem ser decisivos para o sucesso de seu site! 

Confira também nosso e-book sobre os 7 principais erros que as pessoas cometem ao contratar um site clicando aqui!
Confira também:
E-book 7 Principais Erros
Artigos, 01.ABRIL.2015 | Postado em Site
  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...