fechar× Entre em contato (71) 3015-2200 (71) 3037-8880 (71) 99154-3223 (whatsapp)

O Facebook não substitui um site, mas é um grande aliado

O sucesso do Facebook aproximou ainda mais as empresas dos clientes. Ter uma Fanpage é fácil e barato, com ela é possível interagir com o público, divulgar sua marca e impulsionar as vendas. Com todo esse potencial, alguns empresários pensam que só ter uma página no Facebook já basta, e não investem em um site profissional. Esse é um grande erro, pois a rede social não possui todos os atributos necessários para um posicionamento correto na internet. Pelo contrário, é uma ferramenta que se não for usada corretamente pode atrasar o sucesso da sua empresa.

Visto que as normas de uso do Facebook limitam o seu uso e a devida divulgação, muitas vezes para forçar os donos das páginas a pagar para ter mais privilégios. De acordo com os termos do Facebook os nomes das páginas devem refletir com precisão o conteúdo, e eles podem remover seus direitos administrativos ou solicitar que você altere o nome da página que não atenda a esse requisito. Outras proibições vão desde o uso de pontuação excessiva até ter descrições supérfluas da página, entre outros. Também não é permitido inserir na foto de capa informações como telefone e e-mail de contato, nem informativos ou promoções. Como ainda não é possível coletar dados dos usuários para fazer uma lista de clientes. Se alguém infringir, mesmo sem querer, alguns desses termos, pode ter a página removida sem aviso prévio. E mesmo que você esteja em conformidade com esses termos, a rede pode alterá-los quando quiser. Mudanças são normais no Facebook, já ocorreram alterações nos termos de uso e no layout das páginas em 2012 e 2014.

Aliás, a mudança pode não estar apenas dentro do Facebook, mas em toda a internet. Assim como o Orkut já foi a rede social mais usada e acabou, não há garantia de que em 5 anos o Facebook também não irá desaparecer. E você que investiu em anúncios patrocinados e na conquista de fãs, precisará começar tudo de novo. Ao contrário disso, um site é para sempre, é o seu porto seguro na internet. Ter apenas uma Fanpage restringe o alcance da sua empresa, já que não são todas as pessoas que usam o Facebook, alguns não gostam de redes sociais ou utilizam outras. Logo, você estará com o foco voltado a apenas em uma parte do seu público-alvo, isso leva a perder muitas chances de fazer negócio.

Ainda, deve-se atentar que as pessoas não usam o Facebook para pesquisar produtos, geralmente procuram em algum site de busca. Nesse quesito você terá uma desvantagem, pois, o Google, por exemplo, não indexa o conteúdo das páginas da mesma forma com que faz com sites. Além disso ter muitos fãs na página não melhora a posição nos sites de busca, porém mais visitas no site ajudam a ficar melhor colocado. Com isso, você não terá autonomia fora da rede, e mesmo com anos de atuação no mercado não terá um bom posicionamento fora do Facebook. Quando uma empresa mal aparece nos sites de busca, perde chances de receber acessos quando alguém pesquisa algo relacionado ao seu tipo de negócio.

A perda as vezes não é percebida, pois a ferramenta de monitoramento das páginas do Facebook é bastante limitada. As informações são suficientes para conhecer o perfil de quem curte a página, mas não oferecem dados mais precisos para analisar o negócio. Em um site é possível analisar qual o conteúdo que traz melhores resultados, para poder otimizar o desempenho, além de saber quais palavras-chave que geraram o acesso. Ter uma página no Facebook não garante que seu produto seja visto, para isso é preciso que haja interação contínua com os fãs, e isso necessita de um profissional dedicado a esta tarefa, assim deixará de ser uma opção gratuita.

Além do mais, uma empresa séria não pode ter sua identidade vinculada a outros. E é isso que acontece no Facebook, você poderá customizar sua página com elementos próprios, mas terá sempre o visual atrelado ao da rede. Não é possível ter um espaço com a cara da sua empresa. Não é possível adicionar animações, mudar cores ou imagens de alta qualidade, já que o Facebook diminui a resolução das imagens postadas. Vale lembrar também que é inútil criar páginas nas redes sociais só para marcar presença. É muito importante desenvolver sua imagem frente ao público com ações interativas que levem ao site, que é o seu terreno na internet. Onde é possível mostrar profissionalismo ao usar a identidade visual e conteúdo de qualidade para transmitir credibilidade ao apresentar o negócio. Então os clientes podem curtir produtos e compartilhar informações na rede social que preferir. É importante ter um profissional responsável pelas redes sociais da sua empresa, mas uma pessoa qualificada, que saiba o que escreve e o que faz.

Uma FanPage é uma ótima ferramenta de relacionamento com os clientes e para obter feedback. É possível ter opiniões sobre os produtos ou serviços, saber as necessidades e críticas dos clientes. Pode-se fazer promoções e trabalhar a imagem da marca. O Facebook é um canal de comunicação da empresa no ambiente de interação social das pessoas. E por isso é interessante estar presente também em outras redes, pois são outros canais para se aproximar dos clientes. A página se trata apenas de uma parte da estratégia de marketing digital. As redes sociais podem ser comparadas com um telefone e o site como um escritório, da mesma forma que você não vai tocar seu negócio apenas pelo telefone, uma página no Facebook não substitui um site. 

Confira também nosso e-book sobre os 7 principais erros que as pessoas cometem ao contratar um site.
 
Confira também:
E-book 5 Dicas de SEO


  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...